• Univali

  • Seja você também um profissional da construção naval!

  • Curta nossa FanPage

  • Equipe Ubá Suy Aram

    Desafio Solar Brasil

  • ANI

  • Livro de Regras ABS

    ABS - 2008
  • Principais Estaleiros no Mundo

  • Programação de Navios

    Programação de Navios
  • Arquivos

Novas exigências para quem pretende tirar habilitação náutica

Capitania vai exigir 4 horas de aula prática de condução de jet-ski

A partir de 2 julho de 2012, as Capitanias dos Portos do Brasil vão exigir um certificado de aulas práticas de quem deseja tirar o arrais amador, a carteira de habilitação para conduzir embarcações em águas abrigadas. O novo requisito também valerá para a emissão da motonauta, a carteira obrigatória para os pilotos de jet-ski.

Até então, apenas uma prova escrita era realizada em ambas as categorias; leia “saiba como conseguir a habilitação de arrais amador”, com outras informações ainda válidas.

As mudanças vêm depois dos recentes acidentes envolvendo banhistas e jet-skis, que fizeram vítimas fatais nos últimos meses. “A nova regulamentação se deve à necessidade de constante incremento nas regras atinentes à segurança da navegação, a fim de reduzir ao máximo os acidentes”, diz comunicado do Comando do 8º Distrito Naval, que abrange os portos de São Paulo.

Quem já tem o arrais amador pode continuar utilizando a carteira até a data de sua renovação, quando então será pedido o certificado. Para a categoria arrais amador haverá a exigência de 10 horas de aula prática e para a motonauta, 4 horas.

A declaração comprovando as aulas pode ser emitida por qualquer marina, entidade esportiva náutica, associação, clube ou escola náutica cadastrados na Marinha do Brasil – veja modelo no site www.mar.mil.br/cpsp/.

Outras regras para a emissão da habilitação não foram alteradas. As capitanias ainda aplicarão provas em abril e junho sem a exigência do certificado, mas as inscrições estão praticamente esgotadas por causa da mudança.

Regras ainda mais duras. Desde 2004 tramita um projeto de lei federal (3223/04) que propõe a aplicação, pelas capitanias, de provas prática e física, além da teórica, para todas as categorias amadoras de condutores náuticos. Atualmente, o PL se encontra no Senado, com o nome de PLC 94/2011. A matéria está em discussão na Comissão de Serviços de Infraestrutura, cujo relator é o Senador José Pimentel. Em fevereiro de 2012, o texto foi retirado de pauta para reexame e, de acordo com a assessoria do senador, este deve se reunir com a Marinha para discutir o tema, mas não há previsão de data.

Fontes: Webventure

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: