• Univali

  • Seja você também um profissional da construção naval!

  • Curta nossa FanPage

  • Equipe Ubá Suy Aram

    Desafio Solar Brasil

  • ANI

  • Livro de Regras ABS

    ABS - 2008
  • Principais Estaleiros no Mundo

  • Programação de Navios

    Programação de Navios
  • Arquivos

Novo estaleiro pode gerar 7 mil vagas em Suape

O novo estaleiro naval a ser implantado no Complexo Industrial e Portuário de Suape será administrado pela empresa paulista Construcap e deverá entrar em operação no segundo semestre de 2011.


Novo estaleiro vai ocupar uma área de aproximadamente 40 hectares em Suape, em um canal localizado próximo ao Estaleiro Atlântico Sul. Foto: Juliana Leitão/DP/D.A Press – 21/5/08

O protocolo de intenções para a instalação do empreendimento foi assinado ontem, pelo governador do estado, Eduardo Campos, e pelo vice-presidente da companhia, Roberto Capobianco. O investimento está estimado em cerca de R$ 200 milhões e deve gerar 7 mil empregos quando estiver funcionando.

O objetivo imediato é disputar a licitação de 28 plataformas de perfuração de petróleo em águas profundas, que está sendo realizada pela Petrobras. Essas plataformas, que em sua maioria serão utilizadas para a exploração do pré-sal, deverão ser construídas no Brasil, com percentual mínimo de componentes nacionais, e deverão ser entregues entre 2013 e 2017. Para cumprir esse prazo, a Construcap planeja iniciar a construção do estaleiro a partir do segundo semestre de 2010. A obra em si deve gerar cerca de 1.500 postos de trabalho.

O novo estaleiro vai ocupar uma área de aproximadamente 40 hectares em Suape, em um canal localizado próximo ao Estaleiro Atlântico Sul, o primeiro a se instalar no complexo. É a primeira empreitada da Construcap, empresa com 65 anos de atuação na construção civil e montagem industrial, no setor de armação. O grupo, contudo, tem realizado serviços para a própria Petrobras, como a construção da estação de tratamento de despejos industriais da Refinaria Alberto Pasqualini, no Rio Grande do Sul.

“Decidimos entrar nessa área de construção naval em função dos investimentos que a Petrobras está iniciando”, simplificou Capobianco. De acordo com ele, a capacidade de produção do estaleiro não está ainda definida. “Essa questão está vinculada aos contratos que vamos obter”, explicou. A obra, de acordo com ele, será realizada com financiamentos de bancos privados e públicos, além de recursos próprios da empresa.

Na entrevista realizada após a assinatura dos contratos (além do estaleiro, outros empreendimentos tiveram sua instalação anunciada), o governador Eduardo Campos confirmou a chegada do terceiro estaleiro a Suape. O nome das empresas envolvidas no empreendimento, porém, não foi ainda revelado. “O contrato deverá ser assinado até a quinta-feira da próxima semana. Só então poderemos anunciá-lo. Mas já está tudo fechado”, garantiu Campos.

Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: