• Univali

  • Seja você também um profissional da construção naval!

  • Curta nossa FanPage

  • Equipe Ubá Suy Aram

    Desafio Solar Brasil

  • ANI

  • Livro de Regras ABS

    ABS - 2008
  • Principais Estaleiros no Mundo

  • Programação de Navios

    Programação de Navios
  • Arquivos

Atlântico Sul: abertura de capital “é a tendência”

Estaleiro apresenta nesta sexta-feira o primeiro navio do programa de renovação da frota da Petrobras

O presidente do Estaleiro Atlântico Sul, Angelo Bellelis, afirmou nesta quinta-feira que a abertura do capital da empresa ” é a tendência”. Cuidadoso com as palavras, o executivo disse que a decisão pela abertura cabe aos sócios, mas “é sempre uma possibilidade”. O estaleiro tem como sócios os grupos brasileiros Camargo Corrêa, Queiroz Galvão, a PJMR, empresa especializada na compra de participações em companhias de construção naval, e a sul-coreana Samsung Heavy Industries. Durante anos relegada ao ostracismo, a indústria naval brasileira, movida em grande medida pelos novos projetos de exploração de petróleo no País, tem atraído fortemente novos investimentos. Há três meses, a OSX, empresa de construção naval do empresário Eike Batista, vendeu 10% de sua divisão de estaleiros para a também coreana Hyundai Heavy Industries. O negócio marcou a estreia no Brasil da líder mundial nesse setor. Os sócios coreanos do Atlântico Sul, inicialmente receosos com o praticamente nulo mercado brasileiro de construção naval, chegaram a propor um aumento na sua participação no estaleiro brasileiro, que é atualmente de 10%. A confidência foi feita por Sérgio Machado, presidente da Transpetro, a empresa de logística da Petrobras. “Você não pode dizer isso, mas eu posso”, disse Machado, em referência a Bellelis. “Em 2003, quando começamos a falar com os coreanos, eles diziam que era impossível fazer essa indústria vingar no Brasil. Agora, querem aumentar sua presença”, afirmou. Atlântico Sul e Transpetro apresentarão, na manhã desta sexta-feira, no porto de Suape, em Pernambuco, o primeio navio a ser entregue pelo Programa de Modernização e Expansão da Frota da Transpetro (Promef). A embarcação é um petroleiro do tipo Suezmax, que tem 274 metros de comprimento, o equivalente a dois campos de futebol. Sua capacidade é de um milhão de barris de petróleo. O navio será batizado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O estaleiro Atlântico Sul tem uma carteira de 22 navios contratados, além do casco da plataforma P-55, da Petrobras. A carteira equivale a US$ 3,5 bilhões. O Promef todo prevê a construção de 49 navios. Desses, 46 já foram licitados.

Patrick Cruz, do Recife | 07/05/2010

Fonte: IG Economia

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: