• Univali

  • Seja você também um profissional da construção naval!

  • Curta nossa FanPage

  • Equipe Ubá Suy Aram

    Desafio Solar Brasil

  • ANI

  • Livro de Regras ABS

    ABS - 2008
  • Principais Estaleiros no Mundo

  • Programação de Navios

    Programação de Navios
  • Arquivos

Manutenção: você sabe trocar o óleo do motor?

Assim como ter um carro, ter uma embarcação também requer alguns cuidados, mas será que os navegadores sabem como manter a manutenção de um barco?

A dica de hoje é de como trocar o óleo de um motor de popa, geralmente usado em lanchas e barcos pequenos. Esse óleo tem a função de lubrificar as engrenagens que fazem girar o hélice, e com algum tempo de uso o óleo é contaminado com partículas metálicas do desgaste das peças e perde a lubrificação.

O óleo da rabeta deve ser trocado a cada 100 horas (ou a cada 6 meses) de uso, e é importante para manter a lubrificação das peças sem danificar a estrutura.

Para esse tipo de manutenção, que leva cerca de 1h pra ser concluída, é preciso ter em mãos uma chave de fenda grande, uma vasilha, uma bomba de pressurização (ou uma mangueira) e panos para limpeza.

PASSO A PASSO

1. Com o motor fora d’água, coloque-o em pé, para eu o óleo desça até o fundo da rabeta e saia com mais facilidade.

2. Posicione a vasilha embaixo do motor, perto do parafuso inferior de escoamento, para receber o óleo usado.

3. Com uma chave de fenda grande, abra o parafuso inferior. Algumas gotas de óleo podem sair, mas não tudo.

4. O parafuso inferior é imantado, e pode estar sujo com partículas metálicas do desgaste das peças. Com um pano limpe o parafuso.

5. Tire o parafuso superior, do nível de óleo (oil level), e espere alguns minutos até que o óleo usado saia.

6. Com uma bomba de pressurização manual, injete o óleo pelo parafuso inferior. É a etapa mais difícil, pois só se sabe se está cheio quando o óleo escorre pelo parafuso superior. Atenção: o tipo e a quantidade de óleo necessários estão especificados no manual de cada motor.

Caso não tenha uma bomba de pressurização, você pode usar uma mangueira. Porém, a mangueira tem que ficar acima do orifício superior, justamente para aproveitar a força da gravidade e empurrar o óleo para dentro da rabeta.

7. Depois de cheio, e já escorrendo óleo na parte de cima, coloque o parafuso superior de volta, e só depois retire o bico injetor da parte de baixo. Retire também a vasilha e coloque o parafuso inferior.

8. Com um pano, limpe as bordas dos dois parafusos.

Dica: Se o óleo usado estiver escuro demais, o conjunto de transmissão de rabeta pode estar se desgastando possivelmente por que você não trocou o óleo no tempo certo. Se estiver esbranquiçado, pode estar entrando água pelo retentor do cubo do hélice.

 

 

Fonte: Revista Naútica

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: