• Univali

  • Seja você também um profissional da construção naval!

  • Curta nossa FanPage

  • Equipe Ubá Suy Aram

    Desafio Solar Brasil

  • ANI

  • Livro de Regras ABS

    ABS - 2008
  • Principais Estaleiros no Mundo

  • Programação de Navios

    Programação de Navios
  • Arquivos

Navalshore comemora 10 anos com indústria naval aquecida, empregando mais e com recursos para novas tecnologias

Desde 2004, mesmo ano em que a Transpetro iniciou a licitação de 41 navios-petroleiros e o governo lançou o PROMINP e o PROMEF, a feira concentra as expectativas do setor, triplicou a participação de empresas na exposição e vai receber este ano empresários de 40 países diferentes.

A décima edição da Navalshore – Marintec South America – Feira e Conferência da Indústria Naval e Offshore 2013, de 13 a 15 de agosto, no Centro de Exposições SulAmérica, no Rio de Janeiro (RJ), será realizada em um momento muito favorável para o setor. Aquecida, a indústria naval brasileira acaba de receber R$ 41 milhões em investimentos para novas tecnologias e equipamentos. Os recursos, do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, visam aumentar o índice de nacionalização das embarcações produzidas no Brasil e a capacidade de geração de empregos – setor que no primeiro trimestre de 2013 já cresceu 14,33%, segundo o Sindicato Nacional da Indústria de Construção e Reparação Naval e Offshore (Sinaval).
A virada da indústria naval, na última década, impulsionou a modernização e o investimento em projetos, estaleiros e tecnologia para atender a um programa de encomendas garantido até 2020. A expansão e a modernização da capacidade produtiva, assim como o aumento da produção de embarcações se deu, principalmente, devido ao crescimento das atividades petrolíferas offshore. Grandes encomendas a estaleiros nacionais e a exigência de percentual mínimo de conteúdo local nas atividades de exploração e produção e a criação de um fundo garantidor fizeram com que a indústria nacional evoluísse. Junto com a retomada do setor, a Navalshore consolidou-se como o maior e principal espaço para debates e negócios da América Latina.
Lançada em 2004, a Feira concentrou as expectativas do setor naval, justamente quando a Transpetro (Petrobrás Transporte) iniciou a etapa de classificação da licitação de 41 navios-petroleiros e o Governo lançou o Programa de Mobilização da Indústria de Óleo e Gás (PROMINP) e o Programa de Modernização e Expansão da Frota (PROMEF).
De lá para cá, o número de marcas nacionais e internacionais presentes na Feira mais que triplicou. Nesta 10ª edição da Navalshore serão 350 marcas (60 participando pela primeira vez) em busca de novas oportunidades de negócios no setor, que já alcançou, em março deste ano, um saldo de 70.925 trabalhadores e deve movimentar mais de US$ 180 bilhões nos próximos sete anos de acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Construção Naval e Offshore (Abenav).
Em 2013, a UBM Brazil, organizadora do evento, espera receber, nos três dias de feira, cerca de 17 mil pessoas. Serão mais de 11 mil m² de área de exposição reunindo as últimas novidades em produtos e serviços para construção e reparo naval, equipamentos e suprimentos para estaleiros, além de soluções para o setor de petróleo e gás.
“A Navalshore acompanhou todo o processo de retomada do setor no país e reflete seus resultados e avanços. Expositores internacionais, de países como Argentina, Japão, China, Espanha, Suécia, Coréia do Sul, EUA, Itália, Noruega, Canadá e Holanda, ajudarão a fomentar o networking e negócios com profissionais vindos de mais de 40 países” destaca Renan Joel, gerente da Navalshore.
A programação da 10ª Navalshore – Marintec South America abrange, ainda, uma série de workshops técnicos e a realização da 2ª Conferência Workboat South America. A feira tem o apoio da Abeam (Associação Brasileira das Empresas de Apoio Marítimo), Abenav (Associação Brasileira das Empresas de Construção Naval e Offshore), Abraco (Associação Brasileira de Corrosão), Syndarma (Sindicato Nacional das Empresas de Navegação Marítima), Sinaval (Sindicato Nacional da Indústria da Construção e Reparação Naval e Offshore), ABS (Associação Brasileira de Soldagem), ICZ (Instituto de Metais Não Ferrosos), Sinaesp (Sindicato da Indústria de Abrasivos dos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espirito Santo, Paraná, Santa Catarina e Pernambuco), a Companhia de Desenvolvimento Industrial do Estado do Rio de Janeiro (CODIN), a Secretaria de Desenvolvimento Econômico Energia Indústria e Serviços (SEDEIS)  e Sobena (Sociedade Brasileira de Engenharia Naval).
Para mais informações, acesse http://www.ubmnavalshore.com.br.
Sobre a Navalshore 2013
Consagrado como o maior e mais importante evento da indústria naval e offshore da América Latina, a 10ª edição da Navalshore – Marintec South America – Feira e Conferência da Indústria Naval e Offshore – acontece entre os dias 13 e 15 de agosto de 2013, no Centro de Convenções SulAmérica, no Rio de Janeiro. Serão mais de 11 mil m² de área de exposição e mais de 350 marcas expositoras de 16 países, reunindo as últimas novidades em produtos e serviços para construção e reparo naval, equipamentos e suprimentos para estaleiros, além de soluções para o setor de petróleo e gás. Paralelamente à feira são realizados a 2ª Série de Workshops Técnicos, ministrados por experts do setor para aprimoramento das estratégias de gestão e produção na indústria naval e offshore, e a 2ª Conferência WorkBoat South America, com mais casos práticos sobre setor de apoio marítimo.
Sobre a UBM e UBM Brazil
No País desde 1994, a UBM Brazil foi a primeira multinacional a entrar no mercado brasileiro de feiras. É uma das 50 subsidiárias da UBM Internacional e, atualmente, a maior organizadora de eventos da América Latina para os setores de transporte de cargas e infraestrutura, responsável pela realização da Intermodal South America, Navalshore – Marintec South America, NT Expo, Infra Portos South America e Concrete Show South America. A UBM Brazil promove, ainda, outras 11 feiras de outros segmentos da indústria, tais comoprodução agrícola, design e fabricação de equipamentos médicos, sistemas embarcados, ingredientes farmacêuticos, ingredientes alimentícios, produtos e ingredientes nutracêuticos e responsabilidade social.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: