• Univali

  • Seja você também um profissional da construção naval!

  • Curta nossa FanPage

  • Equipe Ubá Suy Aram

    Desafio Solar Brasil

  • ANI

  • Livro de Regras ABS

    ABS - 2008
  • Principais Estaleiros no Mundo

  • Programação de Navios

    Programação de Navios
  • Arquivos

João Victor

O primeiro entrevistado e que vai inaugurar essa nova seção do blog é o João Victor. Egresso do segundo semestre de 2011, João nos relata o que fazia antes de ingressar na faculdade, porque escolheu a construção naval, o que faz atualmente e outros detalhes da sua trajetória.

Nome: João Victor Nogueira Cavalcanti

Idade: 23

Cidade: São José/SC

Início e término do curso: 2007/2011

Profissão atual: Operador de máquina de usinagem (CNC), Desenhista CAD

Navalunivali: O que você fazia antes de iniciar o curso?

João Victor: Conclusão do segundo grau colegial.

Navalunivali: Como e porque escolheu cursar Tecnologia em Construção Naval?

João Victor: Ingressei através do processo seletivo por histórico escolar, Escolhi o curso pois me identifiquei com o perfil e simpatizei com as matérias que compõem a grade curricular. Além de observar a falta de profissionais com esta formação no mercado de trabalho.

Navalunivali: A universidade contribuiu para o seu crescimento profissional?

João Victor: Muito, antes de iniciar o curso meus conhecimentos sobre embarcações era praticamente nulo.

Navalunivali: Gostou do curso? Recomenda? Por quê?

João Victor: Sim, Recomendo, pois embora o termo “construção naval” seja bastante amplo, todos os setores do ramo estão carentes de profissionais com perfil especificamente voltado a produção e desenvolvimento de embarcações. Ainda hoje no Brasil grande parte dos profissionais de ponta dentro de um estaleiro vem de outras áreas de conhecimento.

João Victor (á esq.) com os amigos de curso, em Montevidéo – Uruguay, durante o XXI Copinaval

Navalunivali: Qual a disciplina que você se interessava mais e por quê?

João Victor: É difícil eleger apenas uma, mas a disciplina que mais despertou minha atenção foi a disciplina de projeto do navio, pois foram demonstrados quais os principais passos a seguir para o desenvolvimento de uma embarcação. Disciplina que abrange conhecimentos de diversos setores da construção naval.

Navalunivali: Falta alguma disciplina ou assunto importante durante o curso? Qual e por quê?

João Victor: Acho que a nova proposta de grade curricular para o curso está muito boa, com certeza estas mudanças trarão grandes benefícios aos futuros formandos. Senti falta de um número maior de aulas em campo, sendo que a região de Itajaí/SC possui diversos estaleiros dos mais variados tipos de construção, onde nessas aulas ficaria muito mais claro qual o verdadeiro papel de um Tecnólogo em construção naval e dos assuntos tratados em aula dentro de uma empresa do ramo e tornariam as aulas muito mais interessantes relacionando a teoria com o real (prática).

Saídas de campo são excelentes para calouros, pois permite uma maior aproximação ao assunto “construção naval” já no primeiro semestre do curso, desta forma, o acadêmico tem uma visão real de sua escolha profissional.

Navalunivali: Conte em que área você trabalha hoje e como chegou aqui. Porque escolheu essa área?

João Victor: Trabalho com fabricação de peças em usinagem CNC, nosso foco principal é a indústria naval (PRFV) com fabricação de peças em EPS (isopor) revestidas com massa Epoxi, aqui também são desenvolvidos projetos de embarcações de pequeno e médio porte. Entrei na empresa antes de concluir o curso após entrevista normal de emprego. Na realidade não foi uma escolha foi uma oportunidade que surgiu.

João Victor no seu trabalho operando a maquina de EPS

Navalunivali: Você pretende se aprimorar ou se especializar em Construção Naval? Em que área e por quê?

João Victor: Pretendo sim, na área de projeto ou planejamento, porém no momento estou me preparando para o teste seletivo do ASON que acontecerá no próximo mês de fevereiro, este é meu objetivo no momento.

Navalunivali: Deixe um incentivo ou um recado aos futuros profissionais da área naval.

João Victor: Aproveitem o momento atual de grande ascensão da indústria naval no Brasil, capturem o máximo de conhecimento possível em aula e se possível em campo e sempre buscando experiências profissionais em empresas do ramo, pois o setor está carente de profissionais com perfil especificamente voltado para a construção naval.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: